Seguidores

A TODOS VOCÊS...

Mais um ano que caminhamos juntos vai chegando ao fim. Procuro no meu coração as palavras e não sei se encontro. Devo, talvez, ter que ir mais fundo.

Penso que o segredo de nos darmos bem é que quando falo, o faço com o coração e quando escutam, o fazem com o coração. É dessa forma que meu coração se sente compreendido e o de vocês se sente reconfortado. Fazemos uma troca.

Eu queria fazer um resumo do ano que passou, mas não acho que tenha sido um ano particular, apenas a continuidade dos tantos outros, onde vemos, infelizmente, que a humanidade caminha para a direção contrária: muitas coisas que antes nos surpreendiam começam a ser "naturais" pois o mundo evoluiu.

Vemos que muitos valores foram invertidos: o que é anormal, tornou-se comum; o que é imoral, tornou-se corriqueiro; a violência nos revolta, mas não nos impede de dormir; antes, compreendíamos nossos pais com um simples olhar, hoje tudo é diferente.

Muitas pessoas procuram a profissão onde vão ganhar mais e poucos são os que ainda fazem alguma coisa por paixão. É isso...

Falta paixão no mundo! O materialismo tomou conta de muitas coisas e muito poucos são os que ainda abraçam uma causa e seriam capazes de dar tudo por ela. O "eu" tornou-se rei e como há muitos eus espalhados pelo mundo, há muitos reis também, que pensam-se poderosos e acima de tudo. E ninguém está acima de tudo enquanto os homens não conseguirem controlar o mar e o tempo.

Nada no mundo se compara à paz de espírito, ao sentimento de ter feito o bem, ao conforto de olhar nos olhos dos que precisaram de alguém e conseguiram encontrar uma presença.

O que o mundo precisa é disso: a paz, que só encontramos quando nosso coração se sente saciado e um coração precisa de amor para se alimentar.

Se tiver que deixar uma mensagem a vocês, deixo esta aqui:

não desacreditem na vida, nem no bem, nem na força do bem e, acima de qualquer coisa, não desacreditem em Deus!

O mundo está abandonado a si mesmo, mas aqueles que voltam-se para Deus estão ancorados.

Cultivem o amor, a paz, a alegria, o sorriso e tratem as pessoas com o mesmo respeito, amor, compreensão, como gostariam de ser tratatos.

Ninguém deve sentir vergonha de falar sobre Deus, de defender uma causa justa, de se sentir diferente num mundo onde todo mundo quer fazer igual. Pessoas especiais são pessoas especiais.

Muitos são os que avistam a porta do paraíso, mas, creiam, só as pessoas especiais são capazes de passar por ela.

Que o Senhor guarde a união no seio de cada família, que as pessoas se dêem as mãos e não larguem quaisquer que forem as circunstâncias, que a vida seja repleta e que a solidão torne-se uma vaga lembrança!

Obrigada a cada um de vocês por compartilhar comigo dessa caminhada na qual acredito de todo meu ser.

Com muito amor, tenham um ano de paz, de muita luz!

Letícia Thompson

************

Imagem do site garganta da serpente

A CIRURGIA PLÁSTICA QUE CURA ENXAQUECAS

ALESSANDRA NOGUEIRA em 6.08.2009 Stacy Porter, 29, não lembrava o tempo quando não sofria de uma impiedosa enxaqueca antes de fazer uma cirurgia que mudou a vida dela em oito anos. “Fui diagnosticada com enxaqueca quando tinha dois anos de idade. Eu tinha uma dor severa de enxaqueca em cerca de 15 dias por mês”, relembra a executiva de marketing de New Philadelphia, Ohio, EUA. Os sintomas de Stacy incluíam dor palpitante nas têmporas, náusea e sensibilidade severa a luz, em que ela precisava usar óculos escuro para fazer exame final na escola ou faculdade. Nenhuma das drogas usadas para prevenir a enxaqueca ajudou. O único alívio para ela vinha de medicamentos que amenizavam a dor, mas a deixava se sentindo drogada e fora de si. Tudo mudou quando, aos 21 anos, Stacy fez uma cirurgia similar daquelas feitas tipicamente para remover rugas. “Depois disso nunca mais tive outra enxaqueca”, conta. O cirurgião plástico Bahman Guyuron, da Case Western Reserve University, disse que o resultado de Stacy é comum, e um estudo recente dele sobre isso foi publicado. Lifting da região frontal acaba com a enxaqueca Na última década, Guyuron tem tratado mais de 400 pacientes que sofrem de enxaqueca com uma versão modificada do tradicional ergumento cirúrgico da região frontal. Ele conta que a maioria do tratamento tem mostrado uma dramática melhoria. Seu novo estudo publicado foi feito para convencer críticos que ainda são céticos no uso da cirurgia plástica para tratar enxaquecas. O cirurgião e seus colegas selecionaram 75 pacientes aleatoriamente com sintomas iniciados em locais específicos de enxaqueca para fazer cirurgia real ou falsa. Os pacientes não sabiam qual tipo de cirurgia iriam receber. No grupo da cirurgia real, os nervos foram cortados em lugares específicos da enxaqueca. Em alguns casos, como o de Stacy, o nervo era o mesmo cortado para eliminar rugas. Em outros, o nervo era cortado para aliviar as linhas entre as sobrancelhas (de franzir). A cirurgia age como as injeções de Botox – agora usado consideravelmente, embora não seja aprovado para tratamento de enxaquecas. De fato, os pacientes do grupo de cirurgia real, receberam antes injeções de Botox para determinar se eles eram bons candidatos para cirurgia. Ao todo, 49 pacientes receberam a cirurgia de verdade, e 26 a cirurgia de mentira. Um ano depois, 83% do grupo da cirurgia efetiva informaram que houve 50% de redução de enxaqueca, comparado com 57% do outro grupo. Ainda mais surpreso, 57% dos pacientes da efetiva tiveram eliminação completa da enxaqueca, comparada com apenas 4% dos pacientes da cirurgia falsa. O estudo aparece na edição de agosto na revista Plastic anda Reconstructive Surgery. “Nós não vemos resultados como esses nos estudos da enxaqueca. Até mesmo as pessoas mais céticas terão de aceitar que existe algo nisso”, analisa Guyuron. A cirurgia não é para todos Segundo Guyuron, a cirurgia não é uma boa opção para pacientes que tem enxaquecas esporádicas e para aqueles que reagem bem aos tratamentos preventivos. “Nós estamos falando algo entre 10 a 15% de pacientes com enxaqueca que seriam bons candidatos para cirurgia”, completa. O neurologista, Richard B. Lipton que dirige a unidade de dor de cabeça no Montefiore Medical Center, no Bronx, diz que o projeto do estudo e o resultado dramático ajudou a convencê-lo que a abordagem cirúrgica é legítima. “Eu era cético a respeito disso, mas apesar dos meus melhores esforços para não ser, estou muito animado com os resultados”, conta. Lipton mostrou preocupação no estudo dos participantes que, deveriam na realidade, saber sobre o tratamento que eles estavam recebendo, o que pode ter afetado nos resultados. Alexander Mauskop, que dirige o New York Headache Center, teve a mesma reserva sobre o processo. Mauskop foi um dos primeiros especialistas em dor de cabeça nos EUA em usar botox regularmente para enxaqueca, e trata agora cerca de 60 e 70 pacientes por mês com 70% de efeito. Os pacientes injetam tipicamente Botox a cada três meses, custando de $750 a $1,000 por aplicação. “O problema que tenho com a cirurgia é que as dores de cabeça vêm e vão. Elas [dores] podem acabar com a menopausa (…). A cirurgia é um tratamento permanente para uma condição que raramente é permanente”, explica. Mauskop oferece a seus pacientes, diversas opções de tratamento variando desde as terapias com drogas tradicionais a alternativos como a acupuntura. O médico Robert Kunkel tem tratado enxaqueca por mais de quatro décadas na Clínica de Cleveland, e serve no conselho da National Headache Foundation. De acordo com Kunkel, ele tem visto muitas abordagens cirúrgicas indo e vindo durante sua carreira. “Existe muita animação, mas nenhuma realmente durou”, diz. Mas, Stacy Porter diz que não há dúvida que, como ela, muitos pacientes com enxaqueca intratável podem ser ajudados com a cirurgia. “Mudou minha vida completamente. Eu voltei para fazer um checkup com o Dr. Guyuron por sete anos (…). E ele e eu sempre nos emocionamos toda vez que vou lá”, finaliza.
[WebMD, agradecimentos ao Dr. Dourado]

CONVITE DA CORAGEM

CONVITE DA CORAGEM EMMANUEL/CHICO XAVIER Aceita-te,tal qual és,fazendo de ti o melhor que puderes. Não lamentes as vantagens perdidas. Acima de qualquer desapontamento, continua amando as tarefas que te honram a existência com os recursos que te foram colocados nas mãos. Constrói, sempre que possível, o otimismo e a alegria, em derredor de teus passos. A tristeza inerte não auxilia a ninguém. Não carregues consigo a sucata de teus desencantos e frustrações. Desengano é esclarecimento. A coragem da fé em DEUS te fará alavanca de apoio na travessia dos obstáculos. Não te aflijas por benefícios que ainda não possuis. Age para o bem e teu dia de êxito chegará. EMMANUEL/CHICO XAVIER

A PULSEIRINHA DO SEXO - ANDRES VERAS

Os jovens aderem à moda dos braceletes coloridos – muitos deles sem saber de seu significado erótico São pulseiras comuns, que qualquer garota usaria para ir ao colégio, feitas de silicone, em cores vibrantes e de aparência inocente. Mas nos últimos dias passaram a deixar muitos pais preocupados com rumores sobre seu verdadeiro significado. Segundo um modismo que surgiu na Inglaterra e chegou ao Brasil recentemente, arrebentar a pulseira de determinada cor obrigaria o portador da pulseira a se submeter ao ato correspondente àquela cor. Pulseira amarela, por exemplo, equivaleria a um abraço. Pulseira preta, a sexo. Não se sabe como surgiu esse código nem como ele se espalhou entre os adolescentes. Na Inglaterra, as pulseirinhas ganharam o nome de shag bands (algo como “pulseiras da transa”). Lá também surgiu o jogo chamado “snap” (estouro, na tradução do inglês) e o dicionário de cores (leia o quadro abaixo). O assunto chamou a atenção da imprensa e virou motivo de alarde entre pais e educadores quando crianças do ensino fundamental começaram a usar as pulseiras. Não demorou muito para a novidade se espalhar pela internet e chegar ao Brasil. Redes sociais como Orkut e Facebook têm comunidades dedicadas aos fãs das pulseiras. Uma delas já reunia 40 mil seguidores na semana passada, a maioria perfis de crianças e adolescentes. Embora seja comum encontrar jovens com o braço carregado de pulseiras, parte deles parece desconhecer seu significado. “Eu parei de usar quando descobri, mas vejo um monte de meninas do fundamental usando sem saber”, diz a estudante Bárbara Campos, de 15 anos, aluna de um colégio particular de São Paulo. Seu namorado, no entanto, ainda carrega três pulseiras no pulso: uma preta, uma branca e uma vermelha. “Se outra menina estourar as pulseiras dele, eu vou ficar muito brava.” Vendidas por camelôs em qualquer cidade grande brasileira, a novidade ficou conhecida por aqui como pulseira cool (legal, na tradução do inglês), pulseira da amizade ou pulseira da malhação. Um pacote com 20 unidades, de cores sortidas, custa cerca de R$ 1. Entre os mais jovens e os que não levam o sentido do snap a sério, as pulseiras também resumem o “currículo” sexual da pessoa. Vale a mesma regra das cores: quem já fez sexo pode exibir sua pulseira preta. Os mais “populares” costumam usar a cor dourada. Como pais e educadores deveriam reagir diante da conotação sexual de uma inocente pulseira de silicone? “Proibir não adianta, porque o adolescente pode se sentir excluído quando vir que os colegas continuam usando”, diz a psicóloga Denise Diniz, da Universidade Federal de São Paulo. “Os pais devem aproveitar a oportunidade para debater sexualidade em casa.” Os colégios se dividem entre proibir ou ignorar o uso das pulseiras. “Acreditamos que esse jogo não passe de um modismo, mas os pais podem e devem impor seus limites, sem alarde”, diz Silvana Leporace, coordenadora educacional do Colégio Dante Alighieri, em São Paulo. Modismo ou não, não custa nada para os pais dar uma olhadinha no que os filhos andam usando no pulso. ADEUS Á INOCÊNCIA... O SIGNIFICADO DE CADA UMA DAS CORES DAS PULSEIRAS AMARELA – ABRAÇAR, LARANJA – MORDER COM CARINHO, ROXA – BEIJAR COM A LÍNGUA, VERMELHA – FAZER DANÇA ERÓTICA, VERDE – CHUPAR O PESCOÇO, BRANCA – A MENINA DECIDE, AZUL – A MENINA FAZ SEXO ORAL, ROSA CLARO - -O MENINO FAZ SEXO ORAL, PRETA – FAZER SEXO, DOURADA – TODOS OS ITENS ACIMA

NÃO É SÓ O POVO QUE ESTÁ NA M...

Não é só o povo que está na m... RUTH DE AQUINO é diretora da sucursal de ÉPOCA no Rio de Janeiro raquino@edglobo.com.br O presidente Lula é hoje um mestre do marketing e da oportunidade. Não foi sempre assim. O país – que lhe garante mais de 80% de popularidade – sentirá saudades de suas tiradas surpreendentes. Já imaginaram as manchetes com Dilma ou Serra? Nesta semana, Lula “se revoltou” contra a corrupção. Só agora, no fim de dois mandatos, deseja transformar a corrupção em “crime hediondo”. No Nordeste, em comício, prometeu saneamento básico para “tirar o povo da ‘merda’”. Em discurso em Brasília, desejou um Natal fornido de panetones. Todo mundo riu. Eu também. O palavrão não me chocou. Quem já esteve em favelas urbanas e nos rincões remotos do país sabe que é essa a realidade de quem vive sem esgoto e dorme com os filhos ao lado de valões abertos. Um presidente poderia usar outra palavra, em respeito à liturgia do cargo, mas Lula se lixa para isso. Sem defender o uso público de palavras chulas, diria que a declaração do presidente não falseia a vida real. É uma imagem crua, sem manipulação digital ou reticências, à maneira desabrida de Lula. O povo precisa mesmo de saneamento básico para viver com um mínimo de dignidade e saúde no século XXI. Mas Brasília não pode ser esquecida. Seria uma injustiça. O Congresso e os partidos políticos, incluindo o PT, também precisam de saneamento básico. O ano de 2009 está fechando com chave de cadeia. Os vídeos de José Roberto Arruda e sua corte exalam um odor semelhante ao dos lugares desassistidos pelo poder público. Os escândalos são insidiosos e malcheirosos: se não há mão forte contra a corrupção, se existe condescendência com mensaleiros... se assim é hoje, assim será no ano que vem e nos outros anos, não importa quem passe a ocupar o Palácio do Planalto. Os bobos da corte seríamos nós se acreditássemos nesse baboseirol de “corrupção hedionda”. Rolam no Congresso há vários anos quatro projetos de lei da oposição para transformar a corrupção ativa e passiva em “crime hediondo”. Lula apenas os requentou com seu senso de oportunidade, para aplacar a indignação do eleitorado. É uma proposta inócua e demagógica, não importa de quem venha. Lula usou uma imagem crua. Mas não é só o pobre que vive no esgoto – não podemos esquecer Brasília Crime hediondo não é o crime com requintes de crueldade. Mas o mais revoltante, o que provoca maior aversão na comunidade, o mais reprovado pelo Estado. Em estado puro de dicionário, “hediondo” significa ato repugnante, imundo e sórdido. De que adianta a corrupção ser considerada crime hediondo se os políticos culpados continuarem soltos, gozando de seus privilégios? Um exemplo de como a nomenclatura não funciona é o caso do jornalista Pimenta Neves, ex-diretor de jornal, condenado a 18 anos por homicídio duplamente qualificado, crime hediondo. Ele matou em agosto de 2000 a ex-namorada e também jornalista Sandra Gomide com um tiro pelas costas e outro no ouvido esquerdo. E, apesar de réu confesso, ficou apenas sete meses na prisão. Se Pimenta Neves tem direito a viver em liberdade, o que aconteceria com políticos, prefeitos e governadores corruptos? Nada, nada... e nada. Se o objetivo é combater a sensação de impunidade no Brasil, urge mudar os critérios de nossa Justiça. Direito à progressão de regime e direito a recorrer em liberdade até se esgotarem todas as instâncias – para condenados por crimes hediondos? O Supremo Tribunal Federal precisa revisar essa tolerância extrema e nociva. “A punição tem de ser para o corrupto e para o corruptor. Ainda vai sair muita manchete com casos de corrupção. Prefiro que saia muita manchete do que não sair nada, e a gente estar sendo roubado e não sabe”, disse Lula. Concordo com o rigor do presidente. Pena que o Supremo prefira, às vezes, que não saia nada. Em votação na quinta-feira, o STF manteve a censura prévia a O Estado de S. Paulo. Desde julho, o jornal está proibido de publicar reportagens sobre as empresas de Fernando Sarney, filho do presidente do Senado. Os juízes decidiram que o caso será julgado na terra natal dos Sarneys, o Maranhão – exatamente onde Lula prometeu “tirar o povo da ‘merda’”. Precisamos muito de saneamento básico, presidente.

SPORT É CAMPEÃO NACIONAL DE 1987.....

FLAMENGO,PARABÉNS PELO PENTA!!!!! Sport é campeão nacional de 1987, informa CBF O Flamengo sagrou-se campeão nacional no último final de semana e uma velha polêmica ressurgiu: o time carioca é penta ou hexa? Da Redação do pe360graus.com O Campeonato Brasileiro de 1987 protagoniza uma das maiores polêmicas do futebol nacional. Cariocas e recifenses reclamam o título daquele ano. A vitória do Flamengo sobre o Grêmio no domingo reacendeu uma briga que dura mais de 20 anos. De um lado, os flamenguistas comemoraram o hexacampeonato, do outro, torcedores do Sport relembraram que o time do Rio de Janeiro conta um título a mais, visto que em 1987 o time pernambucano levantou a taça. A CBF, entidade máxima do futebol nacional, lançou em seu site uma lista atualizada dos campeões nacionais desde 1971. O veredicto foi a favor dos pernambucanos: Sport aparece na lista como campeão de 1987, ao lado do vice Guarani. A tabela completa pode ser conferida aqui. **************** ********************** Campeões A B C D Campeonato Brasileiro Série A ANO. Campeões desde 1971 VICE 2009 C. R. Flamengo (Rio de Janeiro) S. C. Internacional (Rio Grande do Sul) 2008 São Paulo F.C (São Paulo) Grêmio Football PA (Rio Grande do Sul) 2007 São Paulo F.C (São Paulo) Santos F. C. (São Paulo) 2006 São Paulo F.C (São Paulo) S. C. Internacional (Rio Grande do Sul) 2005 S. C. Corinthians (São Paulo) S. C. Internacional (Rio Grande do Sul) 2004 Santos F. C. (São Paulo) C. Atlético Paranaense (Paraná) 2003 Cruzeiro E.C (Minas Gerais) Santos F. C. (São Paulo) 2002 Santos F. C. (São Paulo) S. C. Corinthians (São Paulo) 2001 C. Atlético Paranaense (Paraná) A. D. São Caetano 2000 C. R. Vasco da Gama (Rio de Janeiro) A. D. São Caetano 1999 S. C. Corinthians (São Paulo) C. Atlético Mineiro (Minas Gerais) 1998 S. C. Corinthians (São Paulo) Cruzeiro E.C (Minas Gerais) 1997 C. R. Vasco da Gama (Rio de Janeiro) S. E. Palmeiras (São Paulo) 1996 Grêmio Football PA (Rio Grande do Sul) A. Portuguesa de Desportos 1995 Botafogo F. R. (Rio de Janeiro) Santos F. C. (São Paulo) 1994 S. E. Palmeiras (São Paulo) S. C. Corinthians (São Paulo) 1993 S. E. Palmeiras (São Paulo) E. C. Vitória (Bahia) 1992 C. R. Flamengo (Rio de Janeiro) Botafogo F. R. (Rio de Janeiro) 1991 São Paulo F.C (São Paulo) C. A. Bragantino (São Paulo) 1990 S. C. Corinthians (São Paulo) São Paulo F.C (São Paulo) 1989 C. R. Vasco da Gama (Rio de Janeiro) São Paulo F.C (São Paulo) 1988 Bahia (Bahia) S. C. Internacional (Rio Grande do Sul) 1987 Sport Clube Recife (Pernambuco) Guarani F. C. (São Paulo) 1986 São Paulo F.C (São Paulo) Guarani F. C. (São Paulo) 1985 Coritiba F. C. (Paraná) Bangu A. C. (Rio de Janeiro) 1984 Fluminense F. C. (Rio de Janeiro) C. R. Vasco da Gama (Rio de Janeiro) 1983 C. R. Flamengo (Rio de Janeiro) Santos F. C. (São Paulo) 1982 C. R. Flamengo (Rio de Janeiro) Grêmio Football PA (Rio Grande do Sul) 1981 Grêmio Football PA (Rio Grande do Sul) São Paulo F.C (São Paulo) 1980 C. R. Flamengo (Rio de Janeiro) C. Atlético Mineiro (Minas Gerais) 1979 S. C. Internacional (Rio Grande do Sul) C. R. Vasco da Gama (Rio de Janeiro) 1978 Guarani F. C. (São Paulo) S. E. Palmeiras (São Paulo) 1977 São Paulo F. C. (São Paulo) C. Atlético Mineiro (Minas Gerais) 1976 S. C. Internacional (Rio Grande do Sul) S. C. Corinthians (São Paulo) 1975 S. C. Internacional (Rio Grande do Sul) Cruzeiro E.C (Minas Gerais) 1974 C. R. Vasco da Gama (Rio de Janeiro) Cruzeiro E.C (Minas Gerais) 1973 S. E. Palmeiras (São Paulo) São Paulo F.C (São Paulo) 1972 S. E. Palmeiras (São Paulo) Botafogo F. R. (Rio de Janeiro) 1971 C. Atlético Mineiro (Minas Gerais) São Paulo F.C (São Paulo)

SAUDADES DE SUA VOZ

A Revista Época (nº 601 de 23/11/2209),nos brindou com uma lição de amor,de vida e de compromisso com as responsabilidades assumidas.É a história de Odele e sua filha Flávia em coma desde os 10 anos de idade quando foi puxada pelos cabelos pela bomba de sucção através do ralo.Não vou relatar a história e a luta da mãe pela filha,mas lhes trago uma história similar,de criança em coma,nascida no Rio de Janeiro , que nos foi narrada pela palestrante Ana Jayci Guimarães também do Rio,que responde as dúvidas de Dona Odele e espero que lhe sirva de conforto,bem como à outras pessoas com Histórias parecidas e que como ela acreditam. Um espírito que retornou aos braços da sua mãe com um corpo deficitário. Aos dois meses o médico constatou o retardamento geral de toda organização física e mental da criança.Afirmou aos pais que aquela menina não teria nenhuma vinculação com o mundo exterior:cega,surda,muda,paralisada,teria uma vida,disse o médico,unicamente vegetativa,porque ela não terá nenhuma compreensão de nada,não terá visão de nada.A mãe tomou um choque,era sua primeira filha;ficou profundamente triste,mas,como espírita ela se voltou para o marido e apesar das lágrimas conseguiu sorrir e dizer:Não tem importância,se a nossa filha não tem olhos para ver,nem ouvidos para ouvir,nem boca para falar,as suas pernas não lhe servirão para andar,nem os braços para se movimentar ou segurar alguma coisa,não tem importância,os meus braços,os meus ouvidos,as minhas pernas,a minha boca,os meus olhos,abrirão para ela o mundo que a rodeia e nós viveremos então juntas a sua vida;e assim ela fez.Realmente foi uma mãe dedicadíssima;tratava aquela criança como se ela pudesse de fato registrar aquilo que se fazia ao seu redor.Conversava com a filha com uma ternura que era um verdadeiro poema.Visitávamos a menina(diz Ana) para transmitir o passe,mas,mais mesmo para sentirmos o carinho daquela mãe;a grandeza daquela mulher que ali se encontrava.A menina viveu pouco menos que 15 anos;quando faltava alguns dias para completar houve o desencarne;e foi uma dor muito grande para aquela mãe a separação da filha;então ela dizia:Muitos falavam para mim que era como se ela não existisse,mas para mim ela sempre existiu;foi uma parte da nossa família e sempre participou de tudo;quando no natal,os aniversários,as festas,dia do pai,dia da mãe,minha filha participava e eu sentia dentro de mim que ela estava participando.As vezes o meu marido dizia:Ora meu bem,não vê então que ela não registra nada...Mas eu olhava para minha filha e sentia dentro de mim que ela estava registrando todo clima que havia dentro de casa.Esta mãe , depois de algum tempo foi visitar Chico Xavier,e recebeu dele uma carta que é um verdadeiro poema escrito pela sua filha e nós vamos retratar mais ou menos assim:MAMÃE,um dia na noite escura da minha existência,um sol lindo começou a brilhar.Esse sol era você mamãe.Quando ouvi pela 1ª vez a sua voz,não registrei com os ouvidos materiais que estavam mortos,eu registrei com a minha alma,era o meu coração que escutava mamãe,e foi o som mais bonito que alguém já pode ouvir na face da terra.;sua voz falava mais ou menos assim:MINHA ADORADA FILHINHA,meu amor,coisa rica da minha vida,encanto da minha existência.Ah!Mamãe, naquele momento eu comecei a visualizar o meu corpo,e era tão bonito mamãe,tão perfeito, as minhas pernas,os meus braços,o meu corpo,meu rosto,os meus cabelos que eram retratados pelo som da sua voz e para mim era a coisa mais linda da face da terra e comecei a viver mamãe através da sua voz;e eu via a primavera chegar quando pela manhã abrias a janela do meu quarto e começavas a contar como estava linda a natureza lá fora.Ah!mamãe, eu me levantava da minha cama e começava a passear pelos jardins,eu segurava as pétalas macias das rosas que eram descritas tão bem pelo seu carinho;eu enxergava as cores mamãe e comecei a ter predileção pela cor vermelha,e você falava de tantas coisas bonitas;e eu via o céu,os pássaros,os colibris voando.Mamãe como era lindo o meu jardim.Sabe mamãe,quando falavas do meu quarto eu começava vendo as paredes pintadas de azul,as cortinas que você trocava quinzenalmente,sempre me contando qual era o colorido da mesma e eu começava a imaginaras flores da cortina e eu ficava imaginando como ficaria linda minha janela com as cortinas que o seu carinho colocava;Quando trocavas o lençol da minha cama e dizias:FILHINHA,hoje é o lençol cor de rosa... E eu ficava imaginando a cor rosa mamãe, a cor mais bonita; no outro dia era a cor azul,no outro vermelho;mamãe,como enfeitava a minha cama e como eu vivia cada momento quando meu corpo tombava sobre o lençol macio e perfumado.Ah,mamãe quando entravas também dizendo:As flores de hoje são flores do campo,e eu ficava imaginando o campo e ficava vendo as flores;elas ficavam colocadas em um vaso num cantinho do meu quarto e eu aspirava mamãe o perfume daquelas flores do campo;quando chegavas dizendo:São Palmas de Santa Rita!!E eu ficava imaginando até a Santa Rita mamãe; e então a tua voz ia tecendo na minha alma um mundo estrelado, um mundo colorido. Quando completei 10 anos mamãe e me disseste: Estás ficando uma mocinha!!Eu me imaginei uma mocinha mamãe, caminhando pelas ruas, indo para a escola, conversando com papai ou brincando com minhas irmãs; e quando começaste a falar dos meus quinze anos mamãe, foi tão lindo!Foi tão rico mamãe!Quando dizias que o meu vestido era um vestido de fada, era um vestido de princesa, eu comecei a me ver uma princesa dentro do vestido que me fazias; os babados, as rendas, os bordados que as suas mãos de fada começara a imprimir nos tecidos macios que iriam me enfeitar o corpo; o corpo morto, o corpo esquecido, mas que estava tão vivo através da sua voz. Ah!Mamãe, eu me sentia uma princesa neste mundo gentil que tecias em torno de mim. Não pude vestir o vestido dos quinze anos!Perdoa mamãe, mas, guarde no seu coração uma certeza: Eu fui a criança mais feliz que já aportou neste planeta; e se eu pudesse pedir a Deus,espírito imperfeito que sou,eu pediria:DEUS,PAI,dê a todas as crianças da terra,uma mãe como aquela que me deste.Dê por favor Deus ,para os meninos de rua,para os dos lares,para os sadios,e para os meninos doentes;dê para os meninos perfeitos e para os deficientes como eu,uma mãe como essa que eu sei que não mereço,porque eu sei se merecesse não voltaria num corpo assim tão deficitário,mas Pai,eu não merecia ,mas tive esse tesouro e agora o tesouro que eu deixei na terra,eu ofereço à todas as crianças do mundo.Mãezinha,esse amor lindo e bom que você me deu,divida agora com as outras crianças.Eu deixo mamãe!Não terei ciúmes, porque eu já pedi ao Pai do Céu e ele vai conceder. QUANDO EU PUDER RETORNAR,VOU RETORNAR AOS SEUS BRAÇOS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! ******************** Comparo-a, Sra. Adele, com esta mãe e lhe desejo muita saúde e paz para continuar em sua brava e linda luta pela vida da sua filha que não é apenas um corpo,mas um espírito imortal .O corpo é apenas aquele que nos guarda.Passarei no blog para avisá-la da postagem.Visitem-na e confortem-na!!!!!!!!!!!!!!!!!!! http://flaviaviavivendoemcoma.blogspot.com

HISTÓRIAS DE PEDRO BLOCH EM HOMENAGEM À MAIRA...

Essas historinhas são verdadeiras: Uma menina estava conversando com a sua professora. A professora disse que era fisicamente impossível que uma baleia engula um ser humano porque apesar de ser um mamífero muito grande, a sua garganta é muito pequena. A menina afirmou que Jonas foi engolido por uma baleia. Irritada, a professora repetiu que uma baleia não poderia engolir nenhum ser humano; era fisicamente impossível. A menina, então disse: --'Quando eu morrer e for ao céu, vou perguntar a Jonas'. A professora lhe perguntou: -- 'E o que vai acontecer se Jonas tiver ido ao inferno?' A menina respondeu: - 'Aí a senhora pergunta.' *********** Uma professora de creche observava as crianças de sua turma desenhando. Ocasionalmente passeava pela sala para ver os trabalhos de cada criança. Quando chegou perto de uma menina que trabalhava intensamente, perguntou o que desenhava. A menina respondeu: -'Estou desenhando Deus.' A professora parou e disse: -'Mas ninguém sabe como é Deus.' Sem piscar e sem levantar os olhos de seu desenho, a menina respondeu: - 'Saberão dentro de um minuto'. ******************** Uma honesta menina de sete anos admitiu calmamente a seus pais que Luis Miguel havia lhe dado um beijo depois da aula. - 'E como aconteceu isso?' Perguntou a mãe assustada. - 'Não foi fácil', admitiu a pequena senhorita, 'mas três meninas me ajudaram a segurá-lo'. *********************** Um dia, uma menina estava sentada observando sua mãe lavar os pratos na cozinha. De repente, percebeu que sua mãe tinha vários cabelos brancos que sobressaíam entre a sua cabeleira escura. Olhou para sua mãe e lhe perguntou: - 'Porque você tem tantos cabelos brancos, mamãe?' A mãe respondeu: - 'Bom, cada vez que você faz algo de ruim e me faz chorar ou me faz triste, um de meus cabelos fica branco.' A menina digeriu esta revelação por alguns instantes e logo disse: - 'Mãe, porque TODOS os cabelos de minha avó estão brancos?' ********************** 5)- Um menino de três anos foi com seu pai ver uma ninhada de gatinhos que haviam acabado de nascer. De volta a casa, contou, com excitação, para sua mãe que havia gatinhos e gatinhas. - 'Como você soube disso?' perguntou a mãe. - 'Papai os levantou e olhou por baixo', respondeu o menino. 'Acho que ali estava a etiqueta'. ******************* ESSA É A MELHOR! Todas as crianças haviam saído na fotografia e a professora estava tentando persuadi-los a comprar uma cópia da foto do grupo. - 'Imaginem que bonito será quando vocês forem grandes e todos disserem: ali está Catarina, é advogada, ou também 'Este é o Miguel. Agora é médico'. Ouviu-se uma vozinha vinda do fundo da sala: - 'E ali está a professora. Já morreu.' FOTOS:EU ENTRE PAPAI NOEL,O GAÚCHO E OLHA A MAMÃE NOEL AI GENTE!!!!!!!!!!!!!!!!E COM A LINDA E ALEGRE MAIARA!!!!!!!!!

NUNCA ABANDONE SEUS SONHOS

A pequena Jean, na terceira série, era muito aplicada em seus estudos. Filha de um piloto, ela sonhava voar. Um dia, em uma redação, ela abriu seu coração e revelou seus sonhos: - Quero ser piloto de avião, ver as nuvens, e saltar de pára-quedas! A sua nota foi zero, porque, segundo sua professora, todas as profissões que ela listara não eram para mulheres. Era meado do século XX. Nos anos seguintes, Jean foi massacrada pela negatividade de muitos adultos: - Garotas não podem ser pilotos de avião. Não são suficientemente inteligentes para isso! E ela desistiu. No último ano do ensino médio, a professora de inglês pediu que os alunos escrevessem sobre o que estariam fazendo dentro de 10 anos. Ela apenas escreveu que seria garçonete. Afinal pensou: - Isso eu seria capaz de fazer! Duas semanas depois, a professora colocou a folha com a resposta de cada um dos alunos, virada para baixo, na frente de cada um deles, e agora pediu que escrevessem o que cada um deles faria se tivessem acesso às melhores escolas, a dinheiro ilimitado, e habilidades ilimitadas. Quando terminaram, ela disse: - Tenho um segredo para todos vocês. Vocês podem conseguir tudo isso, se o desejarem de todo coração! Se não correrem atrás da concretização dos seus sonhos, ninguém o fará por vocês. Vocês têm muito potencial. Não deixem de utilizá-lo. Jean ficou animada e ao mesmo tempo amedrontada. Depois da aula, foi falar com a professora e lhe contou sobre seu desejo de ser piloto. - Então, seja! - foi o que ouviu. E naquele momento Jean decidiu concretizar o seu sonho. Foram 10 anos de trabalho duro, encarando oposições, hostilidades, rejeição, e até humilhação. Tornou-se piloto particular. Conseguiu graduação para transportar carga e pilotar aviões de passageiros, mas não recebia promoção porque era mulher. Mas ela não desistiu. Foi em frente. Fez tudo o que sua professora da terceira série disse que era impossível. Ela pulverizou plantações, pulou de pára-quedas centenas de vezes, e em 1978, Jean Harper foi uma das três primeiras mulheres a serem aceitas como piloto pela United Airlines. Por fim, tornou-se piloto de Boeing 737 na mesma empresa aérea. Tudo, graças às palavras de encorajamento de sua professora de inglês, e de sua determinação em alcançar e concretizar seus sonhos. Quando éramos crianças não havia limites para sonhar. Pensávamos ter os poderes dos super-heróis, e que alcançaríamos as nuvens. Sonhávamos que um dia poderíamos fazer todo mundo feliz. Eram muitos sonhos. Mas as crianças crescem e se tornam adultas. E, quase sempre esquecem dos seus sonhos quando passam a ter contato com a realidade. Talvez encontrem muitos adultos desencantados que as façam acreditar que não podem perseguir e concretizar os seus sonhos. Se você abandonou os seus sonhos, é tempo de retomá-los. Não diga que é tarde, que você está velho demais, que não consegue mais. Decida-se e parta para a luta! Estude, persevere, conquiste. Utilize a força da sua fé. Acredite e invista no seu potencial. WWW.otimismoemrede.com.br (Foto na Aldeia de Papai Noel em Gramado)

DA GENTE QUE EU GOSTO

Sendo divulgada como do Mário Benedetti,MAS AINDA EM BUSCA DA AUTORIA CORRETA... Eu gosto de gente que vibra, que não tem de ser empurrada, que não tem de dizer que faça as coisas, mas que sabe o que tem que fazer e que faz. A gente que cultiva seus sonhos até que esses sonhos se apoderam de sua própria realidade. Eu gosto de gente com capacidade para assumir as conseqüências de suas ações, de gente que arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho, que se permite, abandona os conselhos sensatos deixando as soluções nas mãos de Deus. Eu gosto de gente que é justa com sua gente e consigo mesma, da gente que agradece o novo dia, as coisas boas que existem em sua vida, que vive cada hora com bom animo dando o melhor de si, agradecido de estar vivo, de poder distribuir sorrisos, de oferecer suas mãos e ajudar generosamente sem esperar nada em troca. Eu gosto da gente capaz de me criticar construtivamente e de frente, mas sem me lastimar ou me ferir. Da gente que tem tato. Gosto da gente que possui sentido de justiça. A estes chamo de meus amigos. Eu gosto da gente que sabe a importância da alegria e a pratica. Da gente que por meio de piadas nos ensina a conceber a vida com humor. Da gente que nunca deixa de ser animada. Eu gosto de gente sincera e franca, capaz de se opor com argumentos razoáveis a qualquer decisão. Gosto de gente fiel e persistente, que no descansa quando se trata de alcançar objetivos e idéias. Eu gosto da gente de critério, a que não se envergonha em reconhecer que se equivocou ou que não sabe algo. De gente que, ao aceitar seus erros, se esforça genuinamente por não voltar a cometê-los. De gente que luta contra adversidades. Gosto de gente que busca soluções. Eu gosto da gente que pensa e medita internamente. De gente que valoriza seus semelhantes, não por um estereotipo social, nem como se apresentam. De gente que não julga, nem deixa que outros julguem. Gosta de gente que tem personalidade. Eu gosto da gente que é capaz de entender que o maior erro do ser humano é tentar arrancar da cabeça aquilo que não sai do coração. A sensibilidade, a coragem, a solidariedade, a bondade, o respeito, a tranqüilidade, os valores, a alegria, a humildade, a fé, a felicidade, o tato, a confiança, a esperança, o agradecimento, a sabedoria, os sonhos, o arrependimento, e o amor para com os demais e consigo próprio são coisas fundamentais para se chamar GENTE. Com gente como essa, me comprometo, para o que seja, pelo resto de minha vida... já que, por tê-los junto de mim, me dou por bem retribuído. Impossível ganhar sem saber perder. Impossível andar sem saber cair. Impossível acertar sem saber errar. Impossível viver sem saber reviver. A glória não consiste em não cair nunca, mas em levantar-se todas as vezes que seja necessário. E ISSO É ALGO QUE MUITO POUCA GENTE TEM O PRIVILEGIO DE PODER EXPERIMENTAR. Bem aventurados aqueles que já conseguiram receber com a mesma naturalidade o ganhar e o perder, o acerto e o erro, o triunfo e a derrota... Publicada por Em Leça do Balio e por Leça do Balio em 13:16:00

PENSAMENTOS DE SATHYA SAY BABA

“Você não necessita ir a parte alguma para procurar Deus. A Divindade está dentro de você. Assim como existem vários membros no corpo que são mantidos vivos por um único coração, o mesmo Deus é a força-vital para todos os seres. O universo inteiro é o reflexo do Ser Supremo. A visão (Dhrishti) determina sua percepção da Criação (Shrishti). Quando você olha o mundo através de lentes coloridas, você verá tudo com a cor das lentes que estiver usando. Você deveria considerar o que quer que aconteça como um presente de Deus. Amor é Deus. Viva em Amor. Essa é a maneira adequada de adorar Deus.” ***** “Onde houver um vazio em qualquer coração, o amor flui para ele e alegra-se por poder preenchê-lo. Ele nunca se contém e é oferecido em abundância, sem logro ou mentira. Ele não usa o manto da falsidade, da bajulação ou do temor. As gavinhas do amor aspiram a agarrar-se somente a Deus. Elas percebem que Deus reside, em Seu esplendor, em cada coração. Encontrar esse assento de Deus é a verdadeira devoção.” ***** Se um homem, hoje, está sob a influência da tristeza e da miséria, sua mente é a responsável por isso. Felicidade e tristeza, afetos e aversões, e os prazeres sensuais que o homem experimenta surgem da sua mente. Quando a mente está preenchida com o sentimento da dualidade, você sofre por tudo isso. Quando a mente for treinada para ver a unidade de toda a criação, não haverá perversões de qualquer tipo. Você deveria enfrentar tudo na vida com um sorriso. Nesse mundo dualista, é natural alternar ganho e perda. Você não pode evitar isso. Você não deveria desesperar quando enfrentar as adversidades e nem exultar quando a sorte sorrir para você. A adversidade é o ponto de partida para a bem-aventurança eterna.

À UM AUSENTE - DRUMMOND

Carlos Drummond de Andrade ________________________________________ A um ausente Tenho razão de sentir saudade, tenho razão de te acusar. Houve um pacto implícito que rompeste e sem te despedires foste embora. Detonaste o pacto. Detonaste a vida geral, a comum aquiescência de viver e explorar os rumos de obscuridade sem prazo sem consulta sem provocação até o limite das folhas caídas na hora de cair. Antecipaste a hora. Teu ponteiro enlouqueceu, enlouquecendo nossas horas. Que poderias ter feito de mais grave do que o ato sem continuação, o ato em si, o ato que não ousamos nem sabemos ousar porque depois dele não há nada? Tenho razão para sentir saudade de ti, de nossa convivência em falas camaradas, simples apertar de mãos, nem isso, voz modulando sílabas conhecidas e banais que eram sempre certeza e segurança. Sim, tenho saudades. Sim, acuso-te porque fizeste o não previsto nas leis da amizade e da natureza nem nos deixaste sequer o direito de indagar porque o fizeste, porque te foste.

AOS CONSUMIDORES DE DROGAS

(ALGODÃO)

Talvez você já tenha dito ou ouvido a infeliz afirmativa: Se eu uso drogas, o problema é meu, e ninguém tem nada a ver com isso. A droga só a mim prejudica.

Se você pensa dessa maneira, gostaríamos de lhe convidar a fazer algumas reflexões a respeito, sob outro ponto de vista.

Você já deve ter visto, ao vivo, pela TV ou nos jornais, a triste imagem de uma criança de oito anos de idade ou de um adolescente de doze, com uma metralhadora na mão, a serviço dos traficantes de drogas, não é mesmo?

São cenas chocantes e deprimentes, você há de convir...

No entanto, você jamais deve ter pensado que, usando drogas, está colocando o dinheiro na mão do traficante para que ele compre a arma e a coloque nos ombros dessas crianças.

Você já deve ter visto o sórdido espetáculo de uma mãe desesperada, com o coração sangrando e o rosto banhado em pranto, debruçada sobre o cadáver do filho querido que foi morto tentando fazer com que a mercadoria chegasse às suas mãos.

Você, que é consumidor, talvez não tenha se dado conta, mas é um dos responsáveis pela violência gerada nesse disputado mercado das drogas.

Você, que é usuário de drogas, ainda que seja de vez em quando, está contribuindo com a corrupção nutrida no submundo das drogas, e fomentando a disputa sangrenta pelo consumidor, que enche os bolsos dos poderosos do tráfico, dizimando vidas e matando esperanças.

Lamentavelmente, a grande maioria desses consumidores não percebe que o mal que causam está longe de ser um problema seu, como afirmam.

Não se dão conta de que seu vício é alimentado com sangue e lágrimas de muitos.

Em nome da satisfação de seu egoísmo, o consumidor de drogas deixa um rastro de sangue sem precedentes... E responderá por isso perante as Leis Divinas, sem dúvidas.

As mídias noticiaram o assassinato de um jornalista, que foi executado a sangue frio pelos donos do pedaço, que ele invadira, no cumprimento do seu dever de profissional comprometido com a verdade.

O povo se manifestou. Houve passeatas, protestos e pedidos de justiça. Muito louvável, não há dúvida.

Mas, quantos daqueles que empunharam a bandeira da paz e da justiça não terão contribuído para que aquela execução se realizasse?

Quantos executivos que, sentados em suas poltronas de luxo criticam a violência, sem se dar conta de que esta é alimentada pela farta mesada que colocam nas mãos de filhos viciados.

Você há de concordar que não haveria esse mercado infame das drogas se não houvesse o consumidor.

Quando vemos a cínica expressão de um prisioneiro que comanda o terror de dentro da prisão, temos que admitir que ele age dessa forma porque tem costas quentes, e está seguro de que nada lhe acontecerá.

E você, que é consumidor de drogas, está financiando esse mercado bilionário, alimentando esses tiranos cruéis que enriquecem graças a sua frágil vontade de encarar a vida de frente e de mente lúcida.

Mas essas não são as únicas desgraças que um viciado provoca. Há aquelas que acontecem dentro do seu próprio lar. Aquelas capazes de dilacerar um coração de mãe ou de pai, de irmão ou de filho, com atitudes inconsequentes e egoístas.

Se você ainda não havia pensado nessa questão sob esse ponto de vista, pense agora.

E, se pensar com sinceridade, perceberá que o vício está longe de ser um problema só seu, que só a você prejudica.

Faça um balanço urgente e tome a decisão acertada: boicote as drogas. Empobreça esses abutres que se alimentam das vidas dos dependentes descuidados.

Se lhe faltarem as forças, busque ajuda de profissionais especializados e confie seu coração àquele que foi e continua sendo o maior Psicoterapeuta de todos os tempos: Jesus Cristo.

Seu atendimento é gratuito, basta buscá-Lo através da oração.

Se as drogas ainda não destruíram por completo o seu senso crítico, reflita agora sobre tudo isso e mude o rumo dos seus passos.

Temos certeza de que você conseguirá.

Redação do Momento Espírita. Em 13.04.2009.

EUA VÃO INVESTIGAR INTEGRANTES DA UNIVERSAL

G1-12/11/2009

O promotor de Justiça Adam Kaufmann ajuda a Justiça brasileira a investigar Macedo e 9 representantes da Igreja Universal, suspeitos de estelionato, desvio de recursos e lavagem de dinheiro nos EUA

Os Estados Unidos decidiram abrir investigação criminal contra Edir Macedo e mais nove representantes da Igreja Universal do Reino de Deus. Eles são suspeitos de estelionato, de desvio de recursos e de lavagem de dinheiro em território americano. A investigação vai ser comandada por promotores de Nova York, com quem autoridades brasileiras fecharam um acordo de cooperação para este caso específico. O acordo estabelece a quebra de sigilo de contas bancárias ligadas à igreja. Os promotores americanos decidiram fazer essa investigação a pedido do Ministério Público de São Paulo, que denunciou à Justiça o fundador da Universal, Edir Macedo, e outros integrantes da igreja, por lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. As investigações em Nova York serão feitas pela promotoria criminal, que funciona em um prédio, em Manhattan. O chefe da Divisão de Combate a Fraudes e a Crimes Financeiros é o promotor de Justiça Adam Kaufmann. Ele colaborou outras vezes com autoridades brasileiras.

Foi o promotor Kaufmann quem pediu, e conseguiu, que a Justiça americana decretasse a prisão do ex-governador de São Paulo, Paulo Maluf, por desvio de dinheiro público e lavagem. E foi por meio da equipe de Kaufmann que as contas do banqueiro Daniel Dantas acabaram sendo bloqueadas. O promotor americano também já apurou crimes envolvendo igrejas, como contou em entrevista no mês passado, quando esteve no Brasil. "Há casos de igrejas que arrecadam doações de fiéis e depois usam esse dinheiro para financiar TVs, carros, um estilo de vida pessoal que nada tem a ver com a caridade. Esse é um tipo de fraude bem conhecida e bem documentada nos Estados Unidos", diz ele. No caso da Igreja Universal do Reino de Deus, os americanos vão se concentrar em Edir Macedo, o fundador, e nos outros nove réus que respondem a processo no Brasil por lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. Os promotores vão conferir ainda as contas bancárias de cinco empresas ligadas à Universal: duas estão registradas em um prédio em São Paulo. Outra é a Rede Record de Televisão, que tem escritório também em Nova York. E as outras duas são a Investholding e a Cableinvest, elas foram abertas em paraísos fiscais, mas movimentam dinheiro nos Estados Unidos. Segundo o Ministério Público de São Paulo, elas fazem parte do esquema de desvio de doações da igreja. A acusação sustenta que o dinheiro doado legalmente pelos fiéis da igreja é desviado para empresas brasileiras ligadas à Universal. Depois, é mandado para as contas da Investholding e da Cableinvest lá fora. Mais tarde, o dinheiro volta na forma de empréstimos para a compra de bens que nada têm a ver com a igreja e com obras sociais. De acordo com a promotoria, foi assim, escondendo a origem do dinheiro, que Edir Macedo comprou propriedades, inclusive empresas de comunicação. A conclusão é que o dinheiro da igreja serviu para enriquecimento pessoal. O objetivo da quebra do sigilo de contas é saber exatamente de onde vêm e para onde vão os recursos que passam por bancos americanos, e juntar essas informações ao inquérito civil, ao procedimento investigatório e ao processo criminal em curso no Brasil. A promotoria de Nova York também decidiu abrir investigação nos Estados Unidos contra Edir Macedo e outros representantes da Igreja Universal, por suspeita de estelionato, de desvio de dinheiro de entidade religiosa e de lavagem de dinheiro em território americano. Logo no começo da apuração, 15 contas ligadas à igreja serão vasculhadas em Nova York, Miami e Jacksonville. Na entrevista que concedeu há um mês, antes da decisão sobre essa investigação, o chefe dos promotores americanos disse que só aceita cooperar com outros países nos casos em que considera as provas consistentes. E completou: “Quando o dinheiro se move pelo mundo, há uma grande chance de que ele passe por Nova York. Os criminosos não respeitam fronteiras e buscam todos os meios para salvar o que mandaram para fora. Mas o dinheiro deixa pistas pelo caminho, e o fundamental é seguir esses rastros”. O advogado Arthur Lavigne, que representa Edir Macedo, o fundador da Igreja Universal do Reino de Deus, e a própria igreja disse que não tem conhecimento da cooperação entre autoridades brasileiras e americanas. Ele afirmou ainda que está tranquilo diante das investigações nos Estados Unidos.

AUMENTO DE CÉLULAS DO CÂNCER PODE SER CONTIDO

(Nós na Cachoeira do Urubu-Primavera-Pe.)

G1 – 12/11/2009

Cientistas fizeram cópias de parte da proteína Notch e bloquearam sua função reprodutora. Depois, injetaram o material em ratos com leucemia e as células cancerosas pararam de se multiplicar.

Cientistas americanos anunciaram uma descoberta promissora no combate à leucemia e a outros tipos de câncer. A reportagem é do correspondente Rodrigo Bocardi. Os cientistas imaginaram a fisiologia humana como um teatro de marionetes: em que os órgãos se movimentam e as células se desenvolvem porque alguma coisa puxa a corda. Com esta ideia em mente, o grupo de pesquisadores de Boston, no estado americano de Massachussetts, tentou encontrar uma forma de parar a evolução do câncer e descobriu uma maneira de desarmar uma proteína no organismo que controla o desenvolvimento das células. A proteína em questão é a Notch. Em laboratório, os cientistas fizeram cópias de parte dela e bloquearam a função reprodutora da proteína. Em seguida, injetaram o material de volta no sangue de ratos com leucemia e as células cancerosas pararam de se multiplicar. Os testes ainda não foram feitos em humanos e isso deve acontecer em dois anos. Mas os pesquisadores adiantam que a nova técnica deve funcionar também no controle de câncer de pulmão, ovário, pâncreas e intestino. Os cientistas dizem que vão tentar fazer o mesmo processo com mais proteínas que ajudam as células a se desenvolverem e, com isso, atacar outras doenças. Mas acrescentam que a descoberta de agora já serve como mais um passo para os laboratórios que buscam encontrar um medicamento capaz de combater o câncer, essa doença tão complexa e desafiadora

A PACIÊNCIA

( Minha nora Adriana Lúcia e a magistral Cachoeira do urubu)

Texto do Evangelho Segundo o Espiritismo

A dor é uma benção que Deus envia a seus eleitos;não vos aflijais,pois,quando sofrerdes;antes,bendizei de Deus onipotente que,pela dor,neste mundo,vos marcou para a glória no céu.

Sede pacientes.A paciência também é uma caridade e deveis praticar a lei de caridade ensinada pelo Cristo,enviado de Deus.A caridade que consiste na esmola dada aos pobres é a mais fácil de todas.Outra há,porém,muito mais penosa e,conseguintemente,muito mais meritória:a de perdoarmos aos que Deus colocou em nosso caminho para serem instrumentos do nosso sofrer e para nos porem à prova a paciência.

A vida é difícil, bem o sei.Compõe-se de mil nadas,que são outras tantas picadas de alfinetes,,mas que acabam por ferir.Se, porém,atentarmos nos deveres que nos são impostos,nas consolações e compensações que,por outro lado,recebemos,havemos de reconhecer que são as bençãos muito mais numerosas do que as dores.O fardo parece menos pesado,quando se olha para o alto,do que quando se curva para a terra a fronte.

Coragem amigos!Tendes no Cristo o vosso modelo.Mais sofreu ele do que qulquer de vós e nada tinha de que se penitenciar,ao passo que vós tendes de expiar o vosso passado e de vos fortalecer para o futuro.Sede,pois,pacientes,sede cristãos.Esta palavra resume tudo.

Joanna de Ângelis-Havre,1862

UM POUCO DE MIM...

A Lau recebeu o convite e repassou:

Para participar de um "meme". Para brincar deste meme é preciso: 1º Seguir as regras; 2° Levar o selo acima que identifica quem está, esteve ou estará na brincadeira 3º Completar as seguintes frases: a) Eu já... b) Eu nunca… c) Eu sei... d) Eu quero… e) Eu sonho… 4º Depois de completar a frase com suas respostas indique 5 blogs para dar seqüência à brincadeira.Com a autorização da anfitriã Eliane, "Re "nasceram mais 5 blogs. MEUS CONVIDADOS:

DORA,ANTONIO CAMPOS(abrindo o clube),DALTON,CARLOS,O TABAJARA,E BONDBLOG

Pense numa coisa difícil:Lembrar os endereços!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!Por isto vai pelos nomes e os demais amigos sintam-se a vontade para levar o selinho e responder as perguntas.Eu respondi no blog da Lau!!

Bjsssssss amados!!!

PENSAMENTO PARA O DIA 11/11/2009

“Riqueza, educação, posição social etc. são inúteis sem o caráter. O caráter é como a fragrância da flor; dá valor e importância. Poetas, pintores, artistas e cientistas podem ser importantes em seu próprio campo, mas sem caráter eles não podem ter um prestígio verdadeiro. A pessoa pode perguntar-se se todos aqueles que, agora, são tratados com respeito pela sociedade têm um caráter que dê direito a serem considerados importantes, mas a sociedade está sujeita a modas que variam a cada dia. A natureza básica de um caráter perfeito é eterna e permanece a mesma independentemente das vicissitudes da sociedade. Entre as qualidades que compõem um caráter perfeito, estão o amor, a paciência, a calma, a firmeza, a caridade – essas são as qualidades mais elevadas e precisam ser honradas.” Sathya Sai Baba

O TEMPO É NOSSO AMIGO

(Eu,minha mãe e dois dos amores que o tempo nos deu) O tempo é nosso amigo Ele não traz só rugas, papadas e bunda caída...


 IVAN MARTINS


 Quem já teve oportunidade de namorar a mesma mulher com intervalo de alguns anos sabe: as pessoas melhoram. As duas pessoas. O sexo fica mais intenso, as conversas ganham outra densidade, a vida torna-se mais simples e o convívio, mais confortável. Aquilo que na juventude é problema chega ao futuro resolvido. Ou incorporado. É como se as pessoas parassem de ensaiar e se aproximassem, afinal, do seu papel verdadeiro na vida. Relaxam e desfrutam. Lembro de uma conversa recente, com uma amiga mais jovem, que se queixava de dificuldades no terreno do prazer. As coisas não acontecem com ela de acordo com o moderno manual do orgasmo feliz. O que fazer? Antes, minha resposta automática seria “análise”. Vai lá, discute e paga, com o tempo melhora. Hoje, embora eu acredite em psicanálise, acho que o segredo está na parte final da frase: com o tempo melhora. O prazer é resultado da experiência repetida e da segurança adquirida. E essas coisas crescem... com o tempo. A psicanálise apressa processos, com sorte inicia transformações que de outra forma não teriam lugar, mas apenas a passagem do tempo, com seu enorme e complexo efeito sobre nós, é realmente capaz de simplificar coisas que na juventude parecem totalmente misteriosas ou inacessíveis. Como sexo e prazer. Por que falar disso? Porque eu tenho a impressão de que as pessoas, homens e mulheres, estão vendo o tempo sob uma única dimensão: a do envelhecimento. Tempo virou sinônimo de bunda caída, papada e rugas. Tempo traz barriga, careca e Viagra. Tempo só nos enfeia e nos debilita. No fim da linha, nos mata. É o inimigo. Um pesadelo que se mede em tic-tacs do relógio, do qual se foge permanentemente. Mas será mesmo isso? • Acho que não. Assim como o prazer, que cresce com o tempo, outras dimensões fundamentais da existência se tornam melhores à medida que o tempo passa. Sem pensar muito, me lembro de uma, importantíssima: a capacidade de lidar com as pessoas e com as situações. A falta de traquejo social dos jovens é um fardo horrível. Ela produz angústias e equívocos em quantidades astronômicas. Ainda bem que passa. Outra coisa que melhora com o tempo é a autocrítica. Lembra de ser adolescente e se achar uma droga em TODOS os sentidos: a cara, o corpo, o jeito, a personalidade? Até da família se tem vergonha nessa época. Uma das melhores coisas da vida é deixar para trás esse sentimento agudo de inadequação e começar a gostar de si mesmo, ainda que moderadamente. Eu, por exemplo, gosto mais de mim hoje do que gostava aos 20 anos, embora na época eu me achasse um gênio e hoje tenha uma percepção muito clara das minhas limitações – e dos meus talentos. Acho que acontece assim com boa parte das pessoas. Gosto de pensar que a gente melhora também no terreno das ideias. A coisa toda vai ficando mais refinada, menos óbvia, verdadeiramente interessante. A gente já viu uma coisa e outra e as leituras e vivências começam finalmente a convergir na direção do entendimento. O mundo parece confuso e incerto, mas ele é assim mesmo. Desaparecem a certeza dogmática e as respostas automáticas. Em algum momento vem um vislumbre de sabedoria que sugere uma compreensão maior das coisas no futuro. Das coisas e das pessoas. Claro, a esta altura da coluna alguém estará dizendo: bobagem! Aos 20 anos eu era mais bonita, mais esperançosa e a vida era muito mais divertida. Aos 30 eu fazia tudo o que queria. Era assim mesmo? Tenho dúvidas sinceras. Frequentemente eu tenho impressão de que as pessoas fazem uma leitura quantitativa do próprio passado. Eu saia mais, eu transava mais, eu fazia mais coisas. Mais ou melhor? Eu posso me lembrar de centenas de fins de semanas chatos que eu passei aos 20 e tantos anos e aos 30 e tantos anos cheios de coisas barulhentas para fazer. Inclusive sexo. Dançar bêbado no centro acadêmico até parar no hospital é uma maravilha! Ou não? Tentar comer (mal) todas as garotas do trabalho porque você acabou de se separar e não suporta estar sozinho é genial! Ou não? Como eu disse, tenho dúvidas sinceras. Por outro lado, tenho certeza de que a vida continua. E que a gente vai tendo experiências únicas e construindo memórias indeléveis, apesar do tic-tac do relógio. A cada par de semanas, ou meses, ou anos, vivemos novos momentos únicos de ternura e de prazer. E eu suponho que eles são ainda mais ternos e mais prazerosos porque nossa cabeça é melhor do que era uns anos atrás. Porque nós sabemos mais. Porque melhoramos. Um dos problemas que eu percebo ao meu redor – muitas vezes em mim mesmo – é o desejo de congelar a existência. As pessoas repetem comportamentos e perseguem sensações que já deveriam ter ultrapassado. Se um adulto agisse com a espontaneidade das crianças a vida inteira seria percebido como maluco. Se outro exibisse a instabilidade e a raiva dos adolescentes na maturidade também seria tratado como doente. Mas muitos de nós tentamos desesperadamente manter o corpo, as emoções e o comportamento de uma pessoa de 20 anos (embora tenhamos, 30, 40, 50 ou 60) e “todo mundo” acha mais ou menos normal. Mas não é, né? A vida exige renovação de repertório. Claro, tenho saudades de quando tinha 14 ou 18 anos. Agora mesmo eu fui à cozinha buscar uma lata de cerveja e vi a luz da lua refletida na cerâmica do piso. Faz calor, o verão chegou. Lembro de entrar na casa da minha mãe, na minha casa de adolescente, vendo no céu a lua enorme e sentindo o cheiro adocicado da dama da noite que crescia no quintal. Como esquecer aquela sensação de estar vivo? Mas, dias atrás, fui levar meu filho mais novo à casa da mãe dele, a casa dele. Era noite, fazia calor e pairava na porta da casa um perfume delicioso. “É jasmim?”, eu perguntei. “Não, pai, é dama da noite”, ele respondeu. Vê? Tudo se liga, tudo se combina, tudo se renova. O passado está aqui, a vida continua. E o tempo, de alguma forma, está do nosso lado

LIÇÃO DO LULA

Você leu? Em reunião da coordenação política do governo, Tarso Genro disse "interviu" em determinado assunto. Lula corrigiu prontamente: "Tarso, é interveio". Diante do semblante intrigado do ministro da Justiça, o presidente completou em tom compreensivo: "Muita gente fala interviu, mas é interveio". Viva! Lula estudou. Aprendeu que intervir se conjuga como vir, de quem é filho obediente. O presente é moleza: eu venho (intervenho), ele vem (intervém), nós vimos (intervimos), eles vêm (intervêm). A única diferença é o acento. Vem termina em em. Mas só tem uma sílaba. Por isso não recebe acento. É o caso de bem, cem, tem. Mas intervém tem mais de uma sílaba. É oxítona (a sílaba tônica é a última). Encaixa-se na regra do também, ninguém, porém, armazém. Calos no pé E o passado? O pretérito perfeito é verdadeira armadilha. Na hora dos discursos, muitos caem como patos. Foi o caso de Tarso Genro. Ele se esqueceu de que intervir pertence à família de vir. Ambos se conjugam do mesmo jeitinho, sem tirar nem pôr: eu vim (intervim), ele veio (interveio), nós viemos (interviemos), eles vieram (intervieram). O futuro e imperfeito do subjuntivo? Ops! São calos no pé. Formam-se da 3ª pessoa do plural do pretérito perfeito do indicativo menos o -am final — eles vier(am). Logo: se eu intervier, ele intervier, nós interviermos, eles intervierem; se eu interviesse, ele interviesse, nós interviéssemos, eles interviessem. Resumo da opereta: o diabo só é feio quando desconhecido. Sábado, 19 de setembro de 2009 DO BLOG DE DAD SQUARISI

AZUL

AZUL

PERNAMBUCO

PERNAMBUCO
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

QUER PERSONALIZAR SEU BLOG?CLIQUE NO SELO E FALE A MERI!!!!