Seguidores

LIÇÃO DO LULA

Você leu? Em reunião da coordenação política do governo, Tarso Genro disse "interviu" em determinado assunto. Lula corrigiu prontamente: "Tarso, é interveio". Diante do semblante intrigado do ministro da Justiça, o presidente completou em tom compreensivo: "Muita gente fala interviu, mas é interveio". Viva! Lula estudou. Aprendeu que intervir se conjuga como vir, de quem é filho obediente. O presente é moleza: eu venho (intervenho), ele vem (intervém), nós vimos (intervimos), eles vêm (intervêm). A única diferença é o acento. Vem termina em em. Mas só tem uma sílaba. Por isso não recebe acento. É o caso de bem, cem, tem. Mas intervém tem mais de uma sílaba. É oxítona (a sílaba tônica é a última). Encaixa-se na regra do também, ninguém, porém, armazém. Calos no pé E o passado? O pretérito perfeito é verdadeira armadilha. Na hora dos discursos, muitos caem como patos. Foi o caso de Tarso Genro. Ele se esqueceu de que intervir pertence à família de vir. Ambos se conjugam do mesmo jeitinho, sem tirar nem pôr: eu vim (intervim), ele veio (interveio), nós viemos (interviemos), eles vieram (intervieram). O futuro e imperfeito do subjuntivo? Ops! São calos no pé. Formam-se da 3ª pessoa do plural do pretérito perfeito do indicativo menos o -am final — eles vier(am). Logo: se eu intervier, ele intervier, nós interviermos, eles intervierem; se eu interviesse, ele interviesse, nós interviéssemos, eles interviessem. Resumo da opereta: o diabo só é feio quando desconhecido. Sábado, 19 de setembro de 2009 DO BLOG DE DAD SQUARISI

12 comentários:

  1. Olá Zilda, tudo bem?

    Vi seu comentário no blog Filha do céu sobre Educação Financeira Infantil e resolvi lhe convidar para participar da blogagem coletiva que leva o mesmo nome. Este assunto é muito importante e devemos divulgá-lo.
    Se você quiser participar pegue o selinho aqui
    http://cybelemeyer.com.br/falandosobre/?p=985
    e me avise para que eu possa linkar o seu blog.
    Parabéns pelo espaço. Voltarei mais vezes.
    beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Cybele pela visita e convite já aceito.Bjsssssssss

    ResponderExcluir
  3. Siempre es un placer leerte. aprendo con tus post..

    Un beso


    Un abrazo
    Saludos fraternos.

    ResponderExcluir
  4. Zilda bom dia!
    Obrigada pela sua visita :)
    Te desejo muita paz!
    Abracos,
    Márcia

    ResponderExcluir
  5. Que belezinha, Zilda. Então, nosso presidente anda fazendo seu dever de casa gramatical.

    Da mesma natureza são as gozações feitas a vários outros notáveis, entre os quais o também presidente Vicente Mateus (conta-se que sua secretária preenchia um cheque de pagamento no valor de sessenta mil pra ele assinar e perguntou-lhe como se escreve este valor por extenso, e ele teve dúvida: Faz dois de trinta!).

    Também o governador Benedito Valadares, hoje nome de cidade em Minas. Ao tempo de seu governo era corrente a exclamação "Será o Benedito?", que não tinha cunho propriamente de homenagem.

    Quando o Ibrahim Sued entrevistou o duque de Windsor, o gaiato do Sérgio Porto saiu com essa: "O duque sabe um pouquinho de português, o Ibrahim não".

    Gozadores mais corajosos também pegaram bastante no pé do Maguila, nosso maior campeão peso pesado, mas parece que ele até que soube "levar na esportiva".

    Valeu, Zilda
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Zilda, nunca é tarde pra se aprender,antes tardec do que nunca!!! Vamos vivendo e aprendendo...
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  7. Amei seu comentário c/ estas informações hilárias;na verdade sou adepta de que mostremos tb o lado bom das pessoas,já que tds temos os dois e as ferramentas para crescer sempre.Beijos amigo João.

    ResponderExcluir
  8. Também penso assim Dora,daí a razão do SOMOS TODOS APRENDIZES.Beijo amiga.

    ResponderExcluir
  9. ZILDA

    Boa tarde

    Na vida, em tudo, somos todos aprendizes. Principalmente na questão de conjugar verbo no tempo certo, as concordâncias, ... Nosso idioma,nossa gramática só não é mais difícil do que colocar em prática o que as palavras representam.

    Eu amo
    Tu respeita
    Ele perdoa

    Nós construímos
    Vós participais
    Eles valorizam

    Amar, respeitar, perdoar,construir, participar, valorizar. Não sei se conjuguei certo,mas sei que que apesar do esforço,ainda naõ conigo colocar corretamente em prática.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  10. Obrigada Bond pela visita e comentário.Saúde e paz!

    ResponderExcluir

OBRIGADA POR SEU COMENTÁRIO,SE ACHAR QUE VALE A PENA COMPARTILHE EM SUAS REDES SOCIAIS.
GRANDE BEIJO!!!

AZUL

AZUL

PERNAMBUCO

PERNAMBUCO
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

QUER PERSONALIZAR SEU BLOG?CLIQUE NO SELO E FALE A MERI!!!!