Seguidores

Testemunho de um médico perito mundial em aborto


Prezados amigos virtuais e outros já desvirtualizados,dia 15/04 próximo passado este blog completou três anos.Fiquei no aguardo de completar 1000 seguidores para fazer a festa.Tenho a alegria de poder dizer que já são 1005.Darei dois prêmios pelas duas comemorações.Para o 1º prêmio será sorteado um livro que o felizardo,de qualquer parte do Brasil ou do exterior, escolherá no valor de até $100,00(cem reais) e para o 2º prêmio darei um produto da Natura ainda a escolher.Não gosto de muita regra,e por isto não participo da maioria dos sorteios,tempo é  ouro e quanto mais formalidade para dá um prêmio ou ganhar,nãocompensa.Bem,para participar você só precisa comentar esta postagem,mas comentar o tema mesmo,e não apenas dizer qualquer coisa.Precisamos da opinião de vocês.Simples assim!!!Vou fazer um selo comemorativo.Se vc quiser postar em seu blog para divulgar,agradeço e ao avisar no blog ganhará um novo número.Gostaria que  numerassem o comentário para facilitar o sorteio ,que será feito pela Loteria Federal do dia 20/05/2012,e já guardará seu número.Não precisa ser em ordem crescente.Escolha o nº que quiser e coloque.BOA SORTE!!!


Uma explicação sucinta de um médico especialista em abortos que no passado foi um dos maiores responsáveis pela sua liberalização nos EUA nos anos 70, co-fundador de associações pró-aborto e antigo director de uma das maiores clínicas de aborto dos EUA, vem agora falar sobre a estratégia de movimentos pró-aborto e de poderosos interesses econômicos…
                                                     Dr. Bernard Nathanson
Testemunho
Bernard Nathanson,
“Eu sou pessoalmente responsável por 75.000 abortos. Isto legitima as minhas credenciais para falar com alguma autoridade sobre este assunto. Eu fui um dos fundadores da NARAL (National Association for the Repeal of the Abortion Laws) nos EUA, em 1968. Nesta época, uma pesquisa de opinião fiável descobriu que a maioria dos americanos eram contra o aborto permissivo. Em cinco anos nós tínhamos convencido o Tribunal Supremo dos EUA a promulgar a decisão que legalizou o aborto nos EUA em 1973 e tornou legal o aborto até ao momento anterior ao nascimento.
Como fizemos isto? É importante entender as táticas utilizadas porque as mesmas têm sido usadas em todo o Ocidente com algumas pequenas mudanças, sempre com o intuito de mudar as leis do aborto.
A 1ª TÁTICA ERA GANHAR A SIMPATIA DA MÍDIA
Nós persuadimos os meios de comunicação que a causa de permitir o aborto era uma causa liberal, esclarecida, sofisticada. Sabendo que se uma pesquisa fiável fosse feita nós seríamos derrotados, nós simplesmente fabricamos resultados de pesquisas fictícias. Anunciamos aos meios de comunicação que tínhamos feito pesquisas e que 60% dos americanos eram favoráveis à liberalização do aborto. Esta é a tática da mentira auto-satisfatória. Poucas pessoas gostam de fazer parte da minoria.

Nós adquirimos muitos simpatizantes para divulgarmos o nosso programa de permissividade do aborto ao fabricarmos o número de abortos ilegais feitos no EUA anualmente. Enquanto este número era de aproximadamente 100.000, nós dizíamos repetidamente aos meios de comunicação que o mesmo era de 1.000.000. A repetição de uma grande mentira várias vezes convence o público. O número de mulheres que morriam em conseqüência de abortos ilegais era em torno de 250, anualmente. O número que constantemente dávamos aos meios de comunicação era 10.000. Estes números falsos criaram raízes nas consciências dos americanos, convencendo muitos da necessidade de revogação da lei contra o aborto. Um outro mito que demos ao público através da mídia era que a legalização do aborto seria a única forma de tornar legais os abortos que então eram feitos ilegalmente. O aborto está sendo atualmente utilizado como o principal método de controle de natalidade no EUA e o número de abortos feitos anualmente cresceu em 1500% desde a legalização (ver: http://www.johnstonsarchive.net/policy/abortion/index.html
).
A 2ª TÁTICA ERA ATACAR O CATOLICISMO
Nós
 sistematicamente difamamos a Igreja Católica e suas “ideias socialmente retrógradas” e colocamos a hierarquia católica como o vilão que se opunha ao aborto. Esta música foi tocada incessantemente. Nós divulgávamos à mídia mentiras tais como: “todos sabemos que a oposição ao aborto vem da hierarquia e não da maioria dos católicos” e “pesquisas comprovam que a maioria dos católicos quer uma reforma na lei contra o aborto”. E a mídia martelava tudo isto sobre os americanos, persuadindo-os que alguém que se opusesse ao aborto permissivo devia estar sob a influência da hierarquia Católica e que católicos favoráveis ao aborto eram esclarecidos e progressistas. Uma inferência desta tática foi a de que não havia nenhum grupo não-Católico oposto ao aborto. O fato de que as outras religiões Cristãs e não-Cristãs eram (e ainda são) monoliticamente opostas ao aborto foiconstantemente suprimido, assim como as opiniões de ateístas pró-vida.
                                   Pinte o seu opositor como se ele fosse o vilão, assim você rotula todo mundo que se opõe às suas idéias.

A 3ª TÁTICA ERA DENEGRIR E SUPRIMIR TODA EVIDÊNCIA DE QUE A VIDA SE INICIA NA CONCEPÇÃO
Muito me perguntam o que me fez mudar de pensamento. Como mudei de proeminente abortista para advogado pró-vida? Em 1973 eu tornei-me director de obstetrícia de um grande hospital na cidade de Nova Iorque e tive que iniciar uma unidade de pesquisa pré-natal, no início de uma nova tecnologia que usamos agora para estudar o feto no útero. Uma tática pró-aborto favorita éinsistir em que a definição de quando a vida inicia é impossível; que esta questão é uma questão teológica, moral ou filosófica, nada científica. A fetologia tornou inegável a evidência de que a vida se inicia na concepçãoe requer toda proteção e o cuidado de que qualquer um de nós necessita. Porque, podem perguntar, alguns médicos americanos, cientes das descobertas da fetologia, desacreditam-se fazendo abortos? Simples aritmética: a US$ 300 dólares cada, 1,55 milhões de abortos significam uma indústria de US$500 milhões de dolares anuais, dos quais a maior parte vai para o bolso do médico que faz o aborto. É claro que a permissividade do aborto é claramente a destruição do que é, inegavelmente, uma vida humana. É um inadmissível ato de violência.
                            Negue o óbvio veementemente. Mentiras grandes contadas incessantemente são melhor assimiladas.
Todos devem reconhecer que uma gravidez não planejada é um dilema difícil. Mas, procurar a sua solução num deliberado ato de destruição é desprezar a vasta quantidade de recursos do gênio humano e abandonar o bem-estar da população a uma clássica resposta utilitarista aos problemas sociais.
COMO CIENTISTA EU SEI – NÃO APENAS ACREDITO – QUE A VIDA HUMANA SE INICIA NA CONCEPÇÃO.


http://direitasja.wordpress.com/tag/dr-bernard-nathanson/

64 comentários:

  1. OBRIGADA AOS AMIGOS QUE POR AQUI PASSAREM NESTA COMEMORAÇÃO.DEIXE SEU COMENTÁRIO NUMERADO SOBRE O TEMA PARA TER VALIDADE.
    LITERALMENTE SOBRE O TEMA...1000 BEIJOCAS!!!

    ResponderExcluir
  2. AH!!PARA PARTICIPAR NÃO PRECISA SER SEGUIDOR,MAS SE QUISER SERÁ SEMPRE UM PRAZER...

    ResponderExcluir
  3. oi obrigada pelo convite... escolho o nº 1
    bjoss

    ResponderExcluir
  4. nº 31 - pode ser? eu gosto desse número.
    Zilda, o aborto é um tema complicadíssimo de se comentar, pois apesar de não concordar não podemos julgar nosso semelhante que o faz, e se o faz é porque ainda não tem conhecimento da tamanha gravidade do ato que está cometendo. Campanhas informando acho que iriam ajudar muito, lamento pelas vidas perdidas de bebês que estão pronto para assumirem a grande responsabilidade de vir ao mundo e das mães que não querem assumir a responsabilidade de recebê-los. Lamento pela imprudência, pela crueldade, respeitando o livre arbitrio das pessoas, e lembrando que tudo nos é permitido, mas nem tudo nos é viável, e que as consequências com certeza virão, e assim aprendemos, pelo amor ou pela dor. Um grande bjo, tenha uma ótima semana, espero o selinho comemorativo ok.

    ResponderExcluir
  5. É um tema bem polêmico!Como espírita vejo de outra forma.Pra mim,a concepção,toda a gestação e o parto são a perfeição de Deus,a prova de sua existência e de que existe vida após a morte do corpo físico.É um assassinato tirar do ventre materno uma vida que quer mais uma chance nesse mundo terreno.É uma ofensa às leis de Deus.
    Parabéns pela comemoração!Escolho nº13.
    Luzia
    preguncorreia@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito grata e bom saber que somos companheiras da Doutrina Espírita.Bjsss

      Excluir
  6. Bom dia Zilda!

    Ontem vi o assisti o filme dos Espíritos, ele faz uma abordagem espiritual sobre o aborto, Recomendo!

    Parabéns duplo!P? P/ vc e este maravilhoso aconchego!

    Número: SETE - 07

    Beijo e tenha um dia luz!

    ResponderExcluir
  7. OLÁ
    QUERO SIM PARTICIPAR COM O

    NÚMERO-32

    O caminho para acabar com o aborto é o AMOR e a solidariedade com cada mulher… e com o seu filho.
    Imagino o qto sofrimento para a alma que tem a oportunidade de renascer, e é seifada já no ventre da pessoa que deveria proteje-la.
    mas o julgamento não cabe a nós e sim do Pai maior!

    parabéns pelos tantos seguidores!
    abraços!

    ResponderExcluir
  8. A concepção de um anencéfalo é traumática, psicologicamente arrasante para a mãe e terrível para toda a família! Sei que todos esperam gerar filhos sadios, mas nem sempre isso é possível! E, quando não o é, a antecipação do parto é perfeitamente e humanitariamente justificada!

    ResponderExcluir
  9. Eu escolho o número 6. Representa a perfeição de Cristo, onde fez a separação de tudo e tornou a terra habitável e no Sétimo dia Ele descansou...
    Bju

    E muito obrigada por me convidar.

    ResponderExcluir
  10. Uma discussáo muito dura e difícil...ao meu ver cada máe deve ser responsável por sua escolha, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  11. OI FLOR, DIFÍCIL FALAR SOBRE O ABORTO.... ACHO QUE É UM ASSUNTO MUITO PESSOAL E AO MESMO TEMPO TEM QUE SER COMENTADO POIS FAZ PARTE DA SOCIEDADE... E COMO DISSE A AMIGA LENA NÃO A CABE A NÓS JULGAR E SIM AO PAI MAIOR...
    ESCOLHO O NUMERO 3.
    BEIJOKAS E ABENÇOADA SEMANA!

    ResponderExcluir
  12. Tema polêmico.
    Quando estamos de fora da situação é bem mais fácil e cômodo julgarmos.
    O mais acertado é a prudência e prevenção.

    Obrigado pela visita, eu tbm já retirei a verificação de palavras.
    Seja bem vinda sempre!

    ResponderExcluir
  13. De cara escolho o número 36. Três mas sei nove nove noves fora 0. Merece zero um monstro desses e sua turma. Mas ele confessa ai uma tática usada por muitos imorais. A imprensa é responsável por muitas outras desgraças nesse mundo. Serei sempre a favor da vida. Grande abraço Zilda amada cigana.

    ResponderExcluir
  14. Porque?
    não queres ver meu rosto
    faço parte de ti
    porque me queres matar?
    se vim para te amar
    quando tudo começou
    era um sonho me receber
    tínhamos planos
    hoje te escuto dizendo baixinho
    que serei peso no teu caminho
    ainda da tempo desista
    me aceite e respeite
    o que vem traçado
    estamos a meio caminho andado
    me embala um pouco mais
    no teu ventre
    deixe que eu entre
    ficarei em tua vida na tua casa
    sou anjo só não tenho asa
    mas serei tua guardiã irmã
    filha amiga não suja tua mão
    no meu sangue fuja dessa briga
    não te envolvas
    nessa teia de intriga
    meu coração ainda forte bate
    vivamos como mãe e filha
    por favor não me mate!

    Antonio Campos 01/08/09.

    ResponderExcluir
  15. Sobre o aborto. É muito complexa essa discussão porque não podemos analisar só o fato da manipulação da informação é preciso analisar outras nuances. Fico dividida quando a questão é aborto porque há muitas coisas a serem analisadas, por exemplo: se uma criança de 11 anos engravida porque foi abusada sexualmente ou se uma mulher engravida porque foi estuprada, como podemos olhar para esta questão sem pensar na possibilidade de aborto? Outro fato é: se o aborto não for legalizado como podemos então fiscalizar e regular as práticas clandestinas do aborto para impedir que isso se torne um caso de calamidade pública? Bom, todos esses questionamentos podem ser feitos por parte das autoridades do nosso país, no entanto o que se vê são casos como os supracitados no texto postado neste blog: a manipulação da informação em todas as esferas, em todos os países torna tudo mais difícil. Como se diz em todos os meios quando se estuda comunicação: informação é poder, mas dinheiro e influência também.


    beijos, Zilda! Até breve!

    ResponderExcluir
  16. Minha amada cigana já levei o selinho desse blog com 1008 pessoas inteligentes opinando. Forte abraço e doce beijo gaúcho.Meu número é 63.

    2 de maio de 2012.

    ResponderExcluir
  17. Oi amiga, tem selinho pra você lá no blog. Bjinhus
    www.gustavoegaby.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Regina F. Murbach3 de maio de 2012 14:24

    Um tema difícil de discutir...Eu recebi um e-mail pergantado-me se diria Sim ou Não para essa situação. "Uma jovem ficou grávida e não era de seu namorado, ela teve fazer aborto ,pois esta de casamento marcado. Sim ou Ñâo. A respota Sim vc jovem não teria em sua vida Jesus Cristo." Por isso devemos pensar ,refletir muito sobre aborto. Bjs Regina.

    ResponderExcluir
  19. Em relação ao aborto sou sempre contra! Em qualquer situação! Deus sabe o que faz, e nós se não quisermos uma gravidez indesejada é prevenir. Um tanto quanto radical.

    ResponderExcluir
  20. É revoltante ler este texto, por duas razões, entre outras tantas. O poder da mídia, uma ferramenta que pode ser usada tanto para o bem como para o mal. E pessoas que sabem muito bem disso podem manipular com todo poder: minhas duas razões, o poder do manipulador e a fraqueza do manipulado. Muitos sabemos que realmente isto acontece, me fez lembrar das épocas de eleições, pesquisas sempre forjadas, mas e daí, somos fracos e impotentes diante da situação. Mas como vemos a justiça tarda mas não falha... Quanto desperdício, se fosse usada toda esta força para consciêntização em massa sobre as dores físicas, esprirtuais e psicológigas, que causa um aborto, talvez hoje teríamos menos necessidades de adotar tal ato. Jamais condeno uma pessoa que faz, cabe a cada um decidir e cuidar da sua vida. Mas também jamais aconselheria alguém a fazer. Bjs, nº 02??

    ResponderExcluir
  21. Cara Zilda, ao chegar encontrei 21 comentários. O meu será o vigésimo segundo na ordem (se publicado a tempo). Fico com o 22, se estiver vago. Simpatizo com este número.
    Não sou de fato ateu, só 100% irreligioso. Todas as posições e opiniões que as pessoas adotam têm meu respeito. O médico aqui apresentado agora é contra aborto. Apresenta bons argumentos. Concordo, sempre fui contra, mas quanto à credibilidade de quem admite ter ajudado a plantar enormes mentiras em tal escala, a serviço de interesses principalmente econômicos, sinceramente ainda tenho reservas.

    ResponderExcluir
  22. Parabéns pelos 1000 seguidores, você merece! bjsss

    ResponderExcluir
  23. Desejo ser um seguidor em seu blog, só que não encontro local adequado para fazê-lo, ou não estou encontrando porque fiquei cego?

    ResponderExcluir
  24. Achei e já sou um seguidor de seu blog. Mas na primeira vez, nada abriu! Espero que a colega seja uma seguidora do meu também carloscotajornalismo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. olá minha querida vim fazer uma visitinha, e amei do que encontrei, e já estou te seguindo me faça uma visitinha e se gosta me segui também, beijos da lulu.

    ResponderExcluir
  26. Parabéns ao Blog.
    Ótimo sorteio.
    Quero ganhar :-)
    Escolho o n° 67
    http://nessaworld-cantinhodanssa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Bom fim de semana, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  28. Para mim a questão não é ser contra ao aborto, mas à favor da vida. Portanto, ninguém tem direito de interferir na vida de ninguém para benefício próprio. Podem dizer o que quiserem, isso para mim é egoísmo. A única razão que pode atenuar tamanho crime, seria se a mãe corresse risco de morrer em gestação. Daí seriam duas vidas a se perder.
    Beijinho, Zilda.
    Meu número: 12.

    ResponderExcluir
  29. Esse assunto é bastante polêmico e penso que somente o(a) responsável pode decidir diante da sua verdade.
    Esse médico plantou inverdades nas quais hoje ele desacredita.
    Leio, leio, leio e não tenho uma opinião formada.

    Depois da Meri, acho que sou eu com o número 13. Ok?

    Bom final de semana

    Xeros

    ResponderExcluir
  30. OI, sobre o tema aborto, sou a favor, considero que a gestante deveria ter o poder de escolha, até porque é melhor "matar" um feto, do que desperdiçar duas vidas: a da gestante, que sofrerá pelo resto da vida, e do filho, pois tb sofrerá, seja por falta de dinheiro, ou por falta de amor e carinho por parte da mae que nao queria o bebe. mas claro que cada caso é um caso, e esse assunto é muito mais complexo para ser discutido aqui.
    uma outra ressalva é que, como acontece em clinicas de aborto nos eua, e considero correto, é abortar aqueles fetos que houve a constatação de que o bebe tenha alguma doença que o fara morrer logo apos nascer, como nos casos de anencefalia.
    Acho que o que é importante ressaltar é que, querendo ou nao, este é um meio de comunicação e que independente da onde esta informação foi retirada, ela tb pode ser falsa ou defeituosa, ou seja, estariamos todos cometendo o mesmo "erro" que o americanos cometeram; acreditaram fielmente à midia; ou ainda esse medico pode estar passando informação falsa ou defeituosa para os meios de comunicação, quem sabe? talvez ele lucre de algum jeito com isso.
    enfim,esta é minha poniao somente.
    escolho o numero 16.

    ResponderExcluir
  31. É inegável que a vida começa na concepção. O aborto torna-se então um ato de violência cruel contra o feto indefeso.
    Em sã consciência, uma mãe favorável ao aborto não teria a mesma coragem de pedir que alguém matasse seu filho em sua frente se ele já tivesse nascido e estivesse completando dois aninhos de idade! Com certeza, tal pessoa consideraria isso um absurdo, apesar de não assimilar que matar um feto tem a mesma proporção de violência, crueldade e desrespeito à vida humana ali gerada.
    Sou declaradamente contra o aborto em qualquer que seja a circunstância, e estou ciente que há um "mercado" que lucra com esta matança de inocentes.

    Meu número para o sorteio é 94.

    ResponderExcluir
  32. Olá Zilda,qto tempo rs.Fico muito feliz pelo seu n° de seguidores,na vdd vc merece,seus blogs são ótimos.Gostei muito dessa postagem,bastante esclarecedora.Fiquei sabendo de muita coisa graças a vc.Bjo querida e até breve!Escolho o n° 25.

    ResponderExcluir
  33. Olá, eu sou de Cascavel sim. Não conferi sobre o anunciado na postagem do sr. Evaristo, mas posso fazê-lo. Recebi email da sobrinha. Ainda não respondi , essa semana ta corrido pra mim na escola.Amanha faremos homenagem as mães... bjss e qualquer coisa volto a postar sobre o assunto

    ResponderExcluir
  34. Zilda, esse tema é muito complexo. Fiquei boquiaberta com os depoimentos desse médico de como eles manipulavam a mídia para conseguir o seu intento! A mídia tem um enorme poder sobre a opinião pública e muitas vezes presenciamos a mudança ou implemento de opinião para q as pessoas mudem suas atitudes e opiniões.
    Com relação ao aborto, penso q as pessoas q não desejam ter filhos deveria ter outra forma de resolver esse problema, que não fosse tirar a vida. Acredito q só Deus tem esse direito. É assassinar um ser indefeso. Muita paz! Escolho o nº 23

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga,como o 23 já estava ocupado,vc ficou com o 28...Sorte!Bjss

      Excluir
  35. Obrigada pela presença Denise!!Bjsss

    ResponderExcluir
  36. AMIGA LI A POSTAGEM PORQUE SEI QUE O TEU INTUITO É MOSTRAR-NOS COMO A MÍDIA É MANEJADA PELOS PODEROSOS QUE NÃO MEDEM ESFORÇOS NEM MEDEM MÉTODOS PARA CONSEGUIR SEUS INTENTOS VIS.
    VALE COMO ALERTA PARA NÃO ACREDITARMOS EM TUDO QUE LEMOS OU VEMOS, PRINCIPALMENTE AQUI NO BRASIL TUDO QUE VEM DE FORA PRINCIPALMENTE DOS ESTADOS UNIDOS É BOM, NEM ESTUDAM A FUNDO OU PRESTAM ATENÇÃO.
    EU SOU CONTRA O ABORTO NÃO JULGO NINGUÉM, MAS PARA MIM É RECUSAR O DOM DA VIDA A ALGUÉM, É RETIRAR A OPORTUNIDADE DE UM ESPÍRITO VIR À TERRA PARA TENTAR GALGAR OS DEGRAUS DA EVOLUÇÃO.
    JÁ FUI MAIS RADICAL, HOJE NÃO, A IDADE ME FEZ PERCEBER QUE CERTAS ATITUDES DEPENDEM DA EVOLUÇÃO DE CADA UM, O ABORTO É UMA DELAS, QUE NADA MAIS É DO QUE UM ATO EGOÍSTA, DE GENTE QUE SÓ PENSA EM SI E QUER LEVAR A SUA VIDINHA COM MAIS FACILIDADE, GENTE QUE QUER MANTER A SUA FALSA APARÊNCIA. DESCULPE É ISTO O QUE PENSO, BEIJOS LUCONI

    ResponderExcluir
  37. Realmente é lamentável esse texto. Não sou contra o aborto dependendo da consequência dele. cada um sabe o que e porquê faz uma coisa dessa, afinal de conta é uma vidinha linda que está ali dentro.
    Meu múmero é 9. Amei o relógio!

    beijokas

    Jaque

    ResponderExcluir
  38. Zilda querida
    Estive fora todo esse tempo...
    Sabe, poderia ter feito um aborto aos 18 anos e não quis de forma alguma... foram pura inspiração divina e força do amor materno...
    Que o Criador nos livre de ser regulamentado!!!
    Bjm de paz
    P.S. Escolho o número 26...

    ResponderExcluir
  39. Ola Amiga
    Vim agradecer a sua amavel visita ao meu cantinho, seja sempre muito bem vinda ao mundo magico do coração!
    Abraço amigo
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  40. Super complicado esse assunto, porém parabenizo por trazer à tona!

    Xeros

    www.novamodaemdestaque.com

    ResponderExcluir
  41. Oi Zilda,

    Não sei que número escolher, por favor escolha para mim, se não for incômodo.

    Este tema é muito polêmico, e no Brasil o aborto é crime para quem faz e para quem procura, passível de prisão.

    Acredito que o corpo da mulher é um assunto dela e para que ela tenha atitudes coerentes com a preservação da vida, esta mulher deveria ser criada com um toque mais feminino e por que não dizer feminista. Tendo a mulher o empoderamento do seu próprio corpo, sabiamente ela iria se proteger e proteger a vida. Isto seria uma atitude natural e positiva para a humanidade.
    O que ocorre hoje, na minha concepção é o mal entendido que, a mulher não tem condições de escolher, como se ela fosse incapaz e incompetente.
    Acredito na educação e reavaliação dos valores e conceitos, com relação ao que a mulher pensa de si mesmo, do feminino e do que passa para suas filhas e filhos.

    ResponderExcluir
  42. Oh! ia esquecendo....Parabéns pelo blog, parabéns pelos seguidores. Seu blog é lindo e tem uma energia muito boa.

    Abraços

    ResponderExcluir
  43. Oi flor,
    Fiquei feliz com a visita,volte sempre!
    Desculpe a demora em retribuir,agora tenho três blogs e tinha perdido a senha desse que você visitou (o de sorteios)rsrs
    Já sigo seu blog a muito tempo Fabíola Artes em Ponto Cruz e feltro e agora sigo com o outro perfil também Fabíola Deiró,você já conhece o meu Artes em Ponto cruz,tem sorteio lá,participe!
    Quando tiver um tempinho visite meu outro blog diversas artes,beijos

    http://artesempontocruz.blogspot.com
    http://diversasartescomfabiola.blogspot.com
    http://sorteiosemimos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  44. Oi Flor,passei para fazer uma visita,seu blog é lindo..bjs...

    ResponderExcluir
  45. Olá querida,

    Passei pra te desejar um maravilhoso fim de semana cheio de muitas coisas especiais.Parabéns pelo 3 anos de blog e que muitos outros anos ele possa estar aqui pra alegrar seus seguidores.

    Beijos grande♥

    ResponderExcluir
  46. Zilda,vim conhecer esse blog e particpar tb,já me tornei sua seguidora e...gostei muito do que vi...Sobre o assunto em pauta,conheço uma que fez por opção e outra por necessidade médica.Na minha opinião o ditado diz...cada cabeça uma sentença..não posso julgar,mas,sei que a que optou por que quis,carrega isso na consciência e se arrepende...beijokas...escolho para o sorteio o número 23,depois te explico naquele e-mail que vou te mandar...Claudinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!!1Como o 23 já estava ocupado vc ficou com o nº 30...Sorte!!

      Excluir
  47. Zilda, não entendi muito bem como será o sorteio pela loteria federal pra decidir quem é o ganhador, mas estou aqui ansiosa pelo resultado!^^

    ResponderExcluir
  48. Olá querida, passando para agradecer sua visita e conhecer seu blog. Eu assisti um filme quando estava fazendo o curso de enfermagem o qual ele mostrava como era feito o aborto, foi chocante. Infelizmente, ainda existem pessoas que recorrem a isto, fico cala se for em pessoas que sofreram abuso porque se tornam dois traumas.
    Beijos

    http://aquifofura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

OBRIGADA POR SEU COMENTÁRIO,SE ACHAR QUE VALE A PENA COMPARTILHE EM SUAS REDES SOCIAIS.
GRANDE BEIJO!!!

AZUL

AZUL

PERNAMBUCO

PERNAMBUCO
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

QUER PERSONALIZAR SEU BLOG?CLIQUE NO SELO E FALE A MERI!!!!