Seguidores

O QUE O VENTO NÃO LEVOU-QUINTANA

No fim tu hás de ver que
as coisas mais leves são as únicas
que o vento não conseguiu levar:
um estribilho antigo
um carinho no momento preciso
o folhear de um livro de poemas
o cheiro que tinha um dia o próprio vento...
MÁRIO QUINTANA

In A Cor do Invisível

8 comentários:

  1. Grande poeta gaúcho. Sim as vezes o vento não leva mesmo principalmente o amor que leve plana no coração pode até balançar mas não cai fica agarrado a mulher amada.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Zilda!!! Lindo Quintana, como sempre.
    Verdade...verdadeira.rs O vento não consegue levar nem as amizades...mesmo que sejam virtuais. Estou retornando à "aprendizagem".
    Parabéns pelo bom gosto do fundo musical! Amo essa música!

    Um beijo

    ResponderExcluir
  3. Meu querido gaúcho(no bom sentido!!!)Obrigada pela carinhosa presença de sempre.Grande beijo.

    ResponderExcluir
  4. Obrigada Lau!!Muito me honra sua presença e suas palavras.Beijo no coração.Volte sempre,a casa é sua.

    ResponderExcluir
  5. Zilda, eu amo Quintana, e este trecho é especialmente inesquecível.

    Te vi no Empório e adorei. Venha sempre e participe.

    Beijo grande da Lu

    ResponderExcluir
  6. Valeu Lu,Obrigada pela visita.Beijo.

    ResponderExcluir
  7. Zilda
    Adorei! Quintana, sensibilidade, amor ...
    Um abraço e muito paz!

    ResponderExcluir
  8. Valeu xará!!Obrigada pela presença.Beijão.

    ResponderExcluir

OBRIGADA POR SEU COMENTÁRIO,SE ACHAR QUE VALE A PENA COMPARTILHE EM SUAS REDES SOCIAIS.
GRANDE BEIJO!!!

AZUL

AZUL

PERNAMBUCO

PERNAMBUCO
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

QUER PERSONALIZAR SEU BLOG?CLIQUE NO SELO E FALE A MERI!!!!